Categoria

Filosofando com as panelas

Entenda melhor seu organismo através das filosofias culinárias que surgem quando estamos com a barriga no fogão!

  • Filosofando com as panelas

    Dicas para planejar sua alimentação semanal

    O cenário é corriqueiro: você está em casa, a vontade de cozinhar aparece, você caminha até a geladeira e não encontra os ingredientes para aquela receita que imaginou. Quando encontra, os ingredientes não combinam e você não consegue pensar em algo que possa fazer.

    Já passou por isso alguma vez?

    Nesse post você vai encontrar dicas de como planejar uma alimentação semanal criando uma conexão com a comida. 

    Pequeninas ações são capazes de otimizar as compras, transformando o consumo desmedido em consciente e tornando o “fazer feira” num passeio onde todo mundo sai ganhando.

    Anote as dicas:

    Continue Reading

  • Filosofando com as panelas

    Sua fome é real?

    Vivemos numa sociedade onde a comida é vista como forma de amenizar nossa inquietação: comemos para comemorar, comemos para sentir conforto e segurança, comemos na tentativa de afastar a tristeza, comemos porque sentimos um vazio-de-não-sei-o-que, comemos por comer, confundimos até mesmo sede com fome.

    Continue Reading

  • Filosofando com as panelas

    Cozinhar é participar do mundo

    É sexta-feira da paixão e aproveito o feriado para colocar o pé na estrada rumo ao interior de Minas Gerais. Me pego pensando na importância do retorno à natureza. Estar rodeada de verdes pelo caminho se mostra uma forma de autocuidado: o ar puro faz os batimentos cardíacos se amansarem, os quintais com árvores frutíferas exalando cheiros remetem à infância, cores e gostos para reavivar os dias.

    Continue Reading

  • Filosofando com as panelas / Receitas

    Como cultivar manjericão em casa #hortinha

    O Cebola na Manteiga acredita que todo mundo é capaz de cozinhar!

    E para incrementar a cozinha dos leitores hoje começa aqui a série #Hortinha, que vai trazer da forma mais simplificada possível o passo-a-passo de como plantar e cultivar plantinhas para temperar da mais diversa forma nossos pratos.

    Propriedades medicinais:

    As vitamina A e C são as mais abundantes em suas folhas, que são indicadas para produzir compressas que devem ser aplicadas nos mamilos das lactantes para aliviar a dor. São também auxiliares no combate de dores reumáticas, tosse, resfriados, auxiliam na digestão e reduzem a fadiga.

    Por fim, vale dizer que por conta do cheiro que exala, o manjericão é usado pra espantar o mosquito da dengue.

    Hoje temos o manjericão, que é versátil, saboroso e muito aromático.

    Continue Reading

  • Filosofando com as panelas

    Porque a comida que você consome afeta sua vida

    Todos os dias fazemos escolhas na cozinha que refletem no meio ambiente.

    Comprar frutas picadas embaladas em plástico filme e isopor, deixar de reciclar o lixo, consumir muita carne e não comprar de produtores locais deixa marcas ao redor do mundo. Precisamos ter um olhar crítico e fazer escolhas conscientes, pois embora saibamos que os solos, por exemplo, são fundamentais, quando damos uma olhada ao nosso redor a história é bem diferente.

    Continue Reading

  • Filosofando com as panelas / Receitas veganas / Receitas vegetarianas

    Diminuir o consumo de carne é auto empoderamento

    Para dar aquele pontapé inicial àqueles que estão dispostos a se auto empoderar através da alimentação, o Cebola está trazendo toda semana uma série de textos para encorajar os leitores a romperem com a indústria que vende facilidades perigosas, pois há uma real necessidade de mudarmos nossos hábitos alimentares para alcançarmos uma nutrição consciente.

    Continue Reading

  • Filosofando com as panelas

    O que o minimalismo tem a ver com cozinhar

    Há poucos meses me dei conta do tanto de dinheiro que gastei comprando itens absolutamente supérfluos numa tentativa de reproduzir o mundo externo dentro da minha casa.

    Ouvi uma frase que exemplifica bem esse consumo desmedido: “a gente esquece que, para pregar um quadro na parede, precisa apenas do furo, e não da furadeira”.

    Resolvi falar sobre isso pois tou cá de mudança e durante a “encaixotação” das cousas todas fiquei absolutamente chocada com meu apego desmesurado por itens que usei poucas vezes na vida. Gastei 2/3 do meu tempo entre os idos de 2014 a 2016 trabalhando MUITO (e isso quer dizer 16 horas/dia) para ter mais dinheiro e assim poder comprar mais e me sentir menos frustrada.

    Ao invés de uma conta bancária gorda, adquiri tiques nervosos.  

    Continue Reading

Pin It on Pinterest