• comidinhas

    Pesto de folhosas

    História do pesto

    O Pesto é um molho queridinho italiano, originário de Gênova, norte da Itália. É composto tradicionalmente de folhas de manjericão moídas no pilão com pinolis, alho e sal, queijo parmesão ou pecorino ralados e no fim misturados com azeite extra virgem e temperado com pimenta preta.

    Hoje temos aqui a versão brasileira, vegana e mais cremosa da coisa toda.

    E ai de quem disser que essa receita não é de pesto de verdade, hein? Estamos no Brasil e nada mais digno que usar nossas próprias castanhas para essa receita. Se você tiver paciência para moer tudo no pilão, ótimo, mas eu tenho uma preguiça danada e bato tudo no processador mesmo.

    Ingredientes para 1 pote médio

    Foto por @taiobabrava

    4 xic. de folhosas de sua preferência (vale couve, rúcula, azedinha, manjericão, ramas de cenoura e por aí vai)

    1 cl. (café) de sal

    Pimenta do reino a gosto (sempre prefira moer na hora, pois o aroma é completamente diferente das pimentas já moídas)

    1 dente de alho (também para não amargar, tire aquele miolo que fica na parte de dentro do alho com a ajuda de uma faca. Basta cortar ao meio e extrair)

    1/2 xic. de azeite extravirgem

    1 xíc. de castanhas de caju ou qualquer outra oleaginosa

    Instruções

    Bata todos os ingredientes no liquidificador ou processador até ficar homogêneo.

    Cubra com azeite e guarde na geladeira, costuma durar pelo menos 7 dias se você sempre se lembrar de colocar um fio de azeite por cima para o pesto não oxidar.


    Gostou dessa receita para ter sempre em mãos? Talvez você curta essa pastinha de cenoura também!

  • You may also like

    Pin It on Pinterest

    Share This