• comidinhas / fermentados

    Picles da época

    Uma questão de sentir

    Cheguei numa fase da vida que não consigo mais viver sem meus fermentados. Minha cozinha é cheia de potes e mais potes com as receitas que vou fazendo para ter sempre às mãos vegetais variados em conserva. Passando o olho agora pela minha bancada vejo sunomono, picles de biribiri, chucrute, pequi no óleo de girassol e por aí vai.

    Acho que estou viciada no toque ácido e na textura bem crocante que essas comidinhas dão aos sanduíches, panquecas e saladas, por exemplo Aliás, se quiser saber mais sobre o poder dos gostos e elementos que compõem um prato, indico a série da Netflix que se chama “Ácido, Gordura, Sal e Calor”.

     

    Gosto de cortar cada vegetal de um jeito diferente para criar texturas diversas no mesmo pote

    Considerações sobre esta calda-base

    Essa calda pode ser usada para conservar muitos outros vegetais, como nabo, pepino, beterraba… A ideia é que você seja bem criativo durante o processo.

    Ingredientes (rende 1 pote médio)

    1 pote de vidro que vede bem

    2 cenouras higienizadas cortados finamente

    2 rabanetes higienizados cortados finamente

    1 cebola (gosto de cortar metade em tiras e metade em pétalas)

    Especiarias a gosto (sugestão: pimenta rosa, cominho ou semente de coentro)

    7 cl. (sopa) de açúcar cristal ou demerara

    1 cl. (sopa) de sal

    1 xícara de vinagre de arroz (funciona com outros tipos)

    2 xícaras de água filtrada

    Instruções

    Leve todos os ingredientes ao fogo, exceto os vegetais, até formar uma calda homogênea.

    Coloque os vegetais dentro de um pote que vede bem, adicione a calda ainda quente, tampe e espere 3 dias para consumir, para garantir quevão absorver os sabores.

    Depois, guarde na geladeira para conservar por mais tempo, dura no mínimo 3 meses se ficar sempre imerso na calda!

  • You may also like

    Pin It on Pinterest

    Share This